Lorenzo Sanz

Ex-presidente do Real Madrid morre por complicações da covid-19

Ex-presidente do Real Madrid — O ex-presidente do Real Madrid, Lorenzo Sanz, morreu hoje aos 76 anos, em decorrência de complicações pelo novo coronavírus (covid-19). Ele estava internado desde a última terça-feira, 17, e além do diagnóstico positivo para doença, tinha diabetes e problemas circulatórios.

Sanz presidiu o clube espanhol entre 1995 e 2000 e foi responsável por contratações históricas do clube, como o lateral esquerdo brasileiro Roberto Carlos, o meio-campista holandês Clarence Seedorf e o atacante croata Davor Suker.

Durante sua gestão, o Real Madrid conquistou dois títulos da Liga dos Campeões, em 1998 (final contra a Juventus), quando o clube encerrou um jejum que durava 32 anos, e em 2000 (contra o Valencia). O clube também venceu uma Copa Intercontinental diante do Vasco, em 1998, em Tóquio, no Japão.

Um dos jogadores que atuaram durante a passagem do empresário Lorenzo Sanz pela presidência do Real Madrid foi seu filho, o zagueiro Fernando Sanz, que disputou 35 partidas em três temporadas entre 1996 e 1998.

Lorenzo Sanz foi sucedido na presidência do clube em 2000, quando Florentino Pérez foi eleito pela primeira vez para comandar o Real Madrid entre 2000 e 2006. Pérez voltou a presidir o clube em 2009 e segue no comando desde então.

instagram

Politica Paraibana

Twitter

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *